17 de setembro de 2011

Campo de Educação Ambiental do Cabeço da Lenha (17/9/2011)


Cerca de duas dezenas de voluntários da Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal, estiveram no dia de hoje a trabalhar no Campo de Educação Ambiental do Cabeço da Lenha.


Uns estiveram a recuperar a vedação cobardemente destruída durante a noite de segunda para terça-feira. Outros estiveram empenhados no corte de árvores e arbustos queimados e na criação de barreiras ao longo das curvas de nível, que contribuirão para refrear a erosão em próximas chuvas fortes.


Entre Outubro de 2011 e Março de 2012 deverão ser plantadas, entre essas barreiras, cerca de 12.000 plantas, exclusivamente pertencentes a espécies indígenas, como objectivo de recuperar a biodiversidade.


Depois das cheias catastróficas de Fevereiro de 2010, dos terríveis incêndios de Agosto do ano passado e da aluvião financeira que está a arrasar a Madeira, os madeirenses conscientes não podem continuar sentados a assistir à destruição da natureza. Apesar da ambiência extenuante, temos o dever de trabalhar voluntariamente na valorização do único capital capaz de gerar um futuro com dignidade.

0 Comentário(s):

Enviar um comentário

<< Home