14 de agosto de 2010

O fogo varreu o Pico do Areeiro
(13 de Agosto de 2010)

20100813-ms-14h17
Esta é uma notícia, que vos dou com o coração tão negro como solo calcinado das vertentes do Pico do Areeiro.

Entre as 12 e as 13 horas o lume (foto acima), impelido por rajadas de vento da ordem dos 100 km/hora, subiu velozmente as vertentes da Ribeira do Cidrão, vindo do fundo do Curral das Freiras.

20100813-ms-15h32
Ao chegar ao Pico do Areeiro começou a descer e queimou tudo o que encontrou pelo caminho. A plantação dos Associação dos Amigos do Parque Ecológico não escapou à voracidade das chamas e muito do trabalho realizado nos últimos dez anos foi destruído em instantes.

20100813-ms-16h44
A extraordinária autorregeneração da formação vegetal primitiva que estava a ocorrer na área do Poço da Neve, na vertente oriental da Ribeira de Santa Luzia, sofreu um forte revés.

20100813-ms-18h00
Os bombeiros e os funcionários do Parque Ecológico, apesar do trabalho abnegado, não conseguiram travar o fogo que transformou em cinzas uma parte significativa da vegetação do Chão da Lagoa e da vertente da Ribeira de Santa Luzia até à área da Casa do Barreiro, que também foi afectada.

O Campo de Educação Ambiental do Cabeço da Lenha, propriedade da Associação dos Amigos do Parque Ecológico, também foi atingido. Até este momento ainda não consegui avaliar a dimensão da área queimada. Logo pela manhã tentaremos lá chegar para fazer uma avaliação do que foi destruído e reflectir sobre a forma mais eficaz de iniciar a recuperação.

20100813-ms-18h00b
Menos de seis meses depois da força arrasadora da água, as serras da Madeira são varridas pelo fogo. Mais uma vez os satélites meteorológicos registaram o fenómeno e já o difundiram na aldeia global. Esconder ou fazer demagogia não são bons remédios para minimizar as causas do terrível ciclo: aluvião no Inverno - fogo no Verão.

20100813-ms-18h16
É necessário reflectir e debater sem tibiezas, as causas naturais e antrópicas destes acidentes, que provocaram enormes feridas nos ecossistemas e na sociedade madeirense.

Nesta hora de profunda dor, apelo a todos os companheiros da Associação para que não desanimem perante este duro golpe e que acreditem que com o seu trabalho voluntário o verde das espécies indígenas voltará a cobrir de esperança as serras do Areeiro.

Texto de Raimundo Quintal
Fotos de Marcelino Silva

12 Comentário(s):

Anonymous Hugo escreveu...

Não sou associado, mas quero muito ajudar a reflorestação, e consigo levar mais umas pessoas. Podemos ajudar? Quando será? Vamos recuperar o mais rápido possível...

15 agosto, 2010 10:53  
Blogger Heirod escreveu...

Eu também não sou associado, mas já colaborei uma vez, logo após o 20 de Fevereiro, e estou disposto a colaborar novamente e com mais intensidade.

15 agosto, 2010 12:30  
Anonymous Anónimo escreveu...

Eu também não sou socio mas gostaria de contribuir, deixo aqui o meu email para qualquer ajuda que necessitem!
santos_mauricio@hotmail.com

15 agosto, 2010 13:26  
Blogger Soph!a ღ escreveu...

Queremos todos ajudar. Quando podemos começar??

15 agosto, 2010 13:41  
Blogger José António Barros escreveu...

Contem comigo.

15 agosto, 2010 14:55  
Anonymous Ilidio Gonçalves escreveu...

Olá a todos!
Não sendo sócio também da Associação, coloco-me á disposição para aquilo que puder ajudar!
Sugeria, a publicação aqui no Blog, a forma como isso poderá ser feito.
Um abraço a todos!

15 agosto, 2010 20:27  
Blogger egaspar escreveu...

Força amigos, reflorestação já!

Na Madeira ou noutro lado qualquer poderão sempre contar comigo.

Obrigado e um grande abraço para tod@s e, muito especialmente, para o Raimundo Quintal.

gaseduardo@gmail.com
marvila.org

16 agosto, 2010 01:15  
Anonymous Anónimo escreveu...

podem contar comigo , a nossa ilha precisa de nós em menos de um ano passamos de um oásis no atlântico a um inferno ; os nossos filhos vão sentir as consequências nefastas dos problemas ambientais . vamos ajudar!
pedro_mcv_@hotmail.com

16 agosto, 2010 11:26  
Anonymous Anónimo escreveu...

podem contar comigo!

16 agosto, 2010 15:23  
Anonymous Anónimo escreveu...

pedro_mcv_@hotmail.com ! mais 1 para ajudar, vamos colocar um tampaõ verde na nossa ilha.

16 agosto, 2010 15:24  
Anonymous Anónimo escreveu...

Li e vi com profunda tristeza o relato da destruição provocada pelos fogos. Expresso a minha solidariedade pela perda do fruto do vosso trabalho árduo de anos. Mas, há que juntar forças e ultrapassar esta desgraça (não por nós, mas pelos vindouros). Propus-me como sócio da AAPEF e espero ajudar assim que possível. José Sandro Vieira

18 agosto, 2010 01:15  
Anonymous Paulo escreveu...

é com grande tristeza que vemos como tudo ficou, mas vamos conseguir com a ajuda de todos. Tambem fazer pressão para tenhamos melhores meios (formação e equipamentos)que tanta falta nos fez.
muito obrigado

19 agosto, 2010 00:50  

Enviar um comentário

<< Home