7 de julho de 2009

Visita de Estudo a São Miguel (Açores)

5º dia (14-06-2009): percurso pedestre: Praia » Lagoa do Fogo

20090614-vs-0504
Placa no início do trilho, um pouco acima do lugar da Praia, na freguesia de Água de Pau, concelho de Vila Franca do Campo

20090614-vs-0500
Pastagens perto do início do trilho

20090614-vs-0503
Flanco Sul do Vulcão de Água de Pau

20090614-vs-0507
Pastagem e campo cultivado com milho

20090614-vs-0513
Início da caminhada em direcção à Lagoa do Fogo, que ocupa o fundo da caldeira do Vulcão de Água de Pau

20090614-vs-0519
Ainda no princípio da subida

20090614-vs-0522
Paisagem agrária e Ilhéu de Vila Franca do Campo

20090614-vs-0529
Ruínas da fábrica de desfibração de espadana

20090614-vs-0534
20090614-vs-0535
Arália do papel (Tetrapanax papyriferum) — arbusto indígena do sul da China e Taiwan

20090614-vs-0537
Caminhando entre eucaliptos e incensos

20090614-vs-0541
20090614-vs-0547
Espadana (Phormium tenax) – planta herbácea da Nova Zelândia, introduzida em São Miguel na primeira metade do século XIX

20090614-vs-0551
Vista de Vila Franca do Campo e do Ilhéu

20090614-vs-0552
Flanco sul do Vulcão de Água de Pau

20090614-vs-0566
Caminhando na vereda paralela ao aqueduto que abastece a Central Hidroeléctrica da Praia

20090614-vs-0571
Ribeira da Praia encaixada no flanco sul do Vulcão de Água de Pau

20090614-vs-0572
Conchelo do mato (Platanthera micrantha) — orquídea endémica dos Açores

20090614-vs-0582
Tamujo (Myrsine africana) – arbusto indígena dos Açores

20090614-vs-0583
20090614-vs-0585
Aqueduto da Central Hidroeléctrica da Praia

20090614-vs-0589
Folhado (Viburnum tinus subsp. subcordatum) – arbusto ou pequena árvore endémica dos Açores

20090614-vs-0592
Caminhando ao longo dos 1750 metros do aqueduto

20090614-vs-0590
20090614-vs-0596
20090614-vs-0603
Uva da serra (Vaccinium cylindraceum) – arbusto endémico dos Açores

20090614-vs-0605
Quase a chegar à origem do aqueduto

20090614-vs-0611
Vista das terras de Vila Franca do Campo

20090614-vs-0615
Vale da Ribeira da Praia

20090614-vs-0625
Origem do aqueduto no vale da Ribeira da Praia

20090614-vs-0628
Polígono do jardim ou erva confeiteira (Polygonum capitatum) – herbácea originária dos Himalaias introduzida em São Miguel como ornamental, sendo hoje uma invasora

20090614-vs-0633
Vale da Ribeira da Praia

20090614-vs-0635
Quase, quase na Lagoa do Fogo

20090614-vs-0639
Após uma subida de 6 Km, entre os 200 e os 600 metros de altitude, surge a majestosa Lagoa do Fogo

20090614-vs-0662
As gaivotas (Larus michahellis atlantis) nidificam nas vertentes da Lagoa do Fogo. Por falta de predadores a colónia tem vindo a aumentar e são já uma ameaça ao equilíbrio do ecossistema

20090614-vs-0670
20090614-vs-0684
Lagoa do Fogo

20090614-vs-0696
20090614-vs-0700
20090614-vs-0744
Gaivotas (Larus michahellis atlantis)

20090614-vs-0713
Vertente norte da Lagoa do Fogo

20090614-vs-0756
Gaivota (Larus michahellis atlantis)

20090614-vs-0767
Lagoa do Fogo

20090614-vs-0774
20090614-vs-0785
20090614-vs-0796
20090614-vs-0803
20090614-vs-0842
O nível da água da Lagoa, cerca de um metro abaixo do nível médio em Junho, permitiu a passagem até à vereda de acesso ao miradouro

20090614-vs-0833
Garajau-comum (Sterna hirundo)

20090614-vs-0858
Feto real (Osmunda regalis) – feto indígena dos Açores

20090614-vs-0859
Tamujo (Myrsine africana) – arbusto indígena dos Açores

20090614-vs-0865
20090614-vs-0867
Lagoa do Fogo – vistas desde a margem ocidental

20090614-vs-0892
Gaivota (Larus michahellis atlantis)

20090614-vs-0930
20090614-vs-0937
20090614-vs-0940
20090614-vs-0954
Lagoa do Fogo – vistas desde a margem ocidental

20090614-vs-0958
Mata de criptomérias (Cryptomeria japonica) na vertente oriental da Lagoa do Fogo

20090614-vs-0964
Lagoa do Fogo – vistas desde a margem ocidental

20090614-vs-0968
Loureiro (Laurus azorica) – árvore endémica dos Açores

20090614-vs-0978
Uma das linhas de água que desaguam na Lagoa do Fogo

20090614-vs-0989
Subida para o miradouro

20090614-vs-1016
Margem norte da Lagoa

20090614-vs-1036
20090614-vs-1041
As criptomérias (Cryptomeria japonica) descem até à Lagoa e provocam o recuo das associações vegetais indígenas nas vertentes

20090614-vs-1044
Queiró (Calluna vulgaris) – arbusto indígena dos Açores

20090614-vs-1019
20090614-vs-1046
20090614-vs-1047
20090614-vs-1051
A Lagoa do Fogo situa-se a uma altitude aproximada de 610 metros e ocupa o fundo da Caldeira do Vulcão de Água de Pau

20090614-vs-1054
Subida para o miradouro

20090614-vs-1053
Azevinho (Ilex perado subsp. azorica) – pequena árvore endémica dos Açores

20090614-vs-1055
Hera (Hedera azorica) – arbusto trepador endémico dos Açores

20090614-vs-1058
Queiró (Calluna vulgaris) – arbusto indígena dos Açores

20090614-vs-1061
Tamujo (Myrsine africana) – arbusto indígena dos Açores

20090614-vs-1063
Loureiro (Laurus azorica) - árvore endémica dos Açores

20090614-vs-1067
Vista da Lagoa desde a vereda para o miradouro

20090614-vs-1077
Pinheirinho (Lycopodiella cernua) – pteridófito indígena dos Açores

20090614-vs-1090
Hera (Hedera azorica) – arbusto trepador endémico dos Açores

20090614-vs-1078
20090614-vs-1095
20090614-vs-1098
20090614-vs-1099
Vista da Lagoa desde o miradouro

20090614-vs-1131
20090614-vs-1133
20090614-vs-1136
20090614-vs-1138
Costa Norte — vista desde a área onde se localiza o miradouro da Lagoa do Fogo

20090614-vs-1141
Mata de criptomérias (Cryptomeria japonica) no flanco norte do Vulcão de Água de Pau

20090614-vs-1147
Conchelo do mato (Platanthera micrantha) – orquídea endémica dos Açores

20090614-vs-1149
Lysimachia azorica – herbácea rastejante endémica dos Açores

20090614-vs-1150
Miradouro da Lagoa do Fogo

20090614-vs-1153
20090614-vs-1156

20090614-vs-1179
20090614-vs-1203
Tentilhão (Fringilla coelebs moreletii) – subespécie endémica dos Açores

20090614-vs-1225
20090614-vs-1234
20090614-vs-1109
Miradouro da Lagoa do Fogo

Pode ver os restantes dias desta visita de estudo clicando nas ligações abaixo:

0 Comentário(s):

Enviar um comentário

<< Home