26 de outubro de 2008

Phallus maderensis,
uma espécie nova para a ciência

Um dos principais objectivos dos percursos pedestres realizados pela AAPEF é a sensibilização e a descoberta da Natureza, e neste caso a palavra descoberta tem todo o sentido, pois no percurso realizado a 6 de Outubro de 2007, três dos nossos associados — Tânia Freitas, Luiz Franquinho e Emanuel Rocha — encontraram, entre o Pico das Pedras e a Cova da Roda, no concelho de Santana, um curioso fungo que lhes suscitou uma atenção especial.

Os nossos Amigos, dedicados estudiosos do mundo dos fungos, nunca tinham visto no meio natural e nos livros outro cogumelo com aquela morfologia. Depois de fotografado, foi colhido e enviado para análise a um micólogo de renome internacional, o Professor Francisco de Diego Calonge, do Real Jardim Botânico de Madrid. Aquele investigador concluiu tratar-se duma espécie nova para a ciência, tendo-lhe atribuído o nome de Phallus maderensis. A sua descrição taxonómica e as fotografias foram publicadas no boletim da Sociedade Micológica de Madrid (nº 32, de Setembro de 2008).

20071006-er-00978
Início do desenvolvimento do ovo no seu habitat  

20071006-er-10209
Abertura do ovo, onde já vemos o receptáculo a sair  

20071007-er-10258
Basidioma completamente desenvolvido  

20071014-er-10585
Basidioma já sem a gleba oliva, comida pelos insectos  

Boletim da Sociedade Micológica de Madrid, nº 32 de Setembro de 2008, págs. 101-104 (aprox. 4 MB)
Aos interessados em Micologia, particularmente na ilha da Madeira, sugerimos uma visita à exposição online “Cogumelos na Madeira” de Emanuel Rocha, com fotografias de cerca de 80 espécies.