17 de setembro de 2011

Campo de Educação Ambiental do Cabeço da Lenha (17/9/2011)


Cerca de duas dezenas de voluntários da Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal, estiveram no dia de hoje a trabalhar no Campo de Educação Ambiental do Cabeço da Lenha.


Uns estiveram a recuperar a vedação cobardemente destruída durante a noite de segunda para terça-feira. Outros estiveram empenhados no corte de árvores e arbustos queimados e na criação de barreiras ao longo das curvas de nível, que contribuirão para refrear a erosão em próximas chuvas fortes.


Entre Outubro de 2011 e Março de 2012 deverão ser plantadas, entre essas barreiras, cerca de 12.000 plantas, exclusivamente pertencentes a espécies indígenas, como objectivo de recuperar a biodiversidade.


Depois das cheias catastróficas de Fevereiro de 2010, dos terríveis incêndios de Agosto do ano passado e da aluvião financeira que está a arrasar a Madeira, os madeirenses conscientes não podem continuar sentados a assistir à destruição da natureza. Apesar da ambiência extenuante, temos o dever de trabalhar voluntariamente na valorização do único capital capaz de gerar um futuro com dignidade.

13 de setembro de 2011

Trabalhos de Manutenção das Plantações
e Limpeza do Material Ardido

20110611-vs-8969

No próximo Sábado, 17 de Setembro, a Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal voltará ao Pico do Areeiro e ao Campo de Educação Ambiental do Cabeço da Lenha, para mais uma jornada de manutenção das plantações efectuadas no último Inverno e de limpeza do material ardido no incêndio de Agosto do ano passado.

A época das chuvas aproxima-se e, consequentemente, as condições favoráveis para iniciarmos as plantações, mas antes é essencial termos o terreno preparado e limpo para aumentar a probabilidade de sobrevivência das pequenas plantas indígenas em condições tão difíceis.

Quem quiser participar, pode fazer a inscrição através do formulário que pode encontrar mais abaixo neste blogue ou pelos meios alternativos aí sugeridos.

Vandalismo no Campo de Educação
Ambiental do Cabeço da Lenha

322324_259550074078571_100000707427992_871644_1288912183_o
Clique na foto para ver slide show

Na noite de 12 para 13 de Setembro o Campo de Educação Ambiental do Cabeço da Lenha voltou a ser atacado por gente má que, desde o pavoroso incêndio de Agosto de 2010, tem tentado impedir a recuperação da propriedade da Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal.

Depois de equipamentos roubados, plantas arrancadas e vedações por várias vezes destruídas, a Associação tinha iniciado na semana passada a construção duma vedação de melhor qualidade com o objectivo de evitar a destruição das muitas plantas já em crescimento e das cerca de 12.000 que deverão ser plantadas de Outubro de 2011 a Março de 2012.

Para executar este trabalho foi necessário recorrer a pessoal especializado e a gastar os seus parcos recursos financeiros.

Pela calada da noite, gente de mau carácter destruiu todos os postes e roubou os 50 metros de rede metálica já colocada. Foi feita participação do ignóbil acto de vandalismo à PSP e à Guarda Florestal.

Apesar de mais este revés financeiro e anímico, não vamos desistir. Nova vedação começará a ser construída amanhã e no próximo Sábado os voluntários subirão até ao Cabeço da Lenha para continuar o trabalho de limpeza da vegetação queimada e preparar o solo para a nova época de plantação, que está programada para 15 de Outubro.

Para evitar novos actos de vandalismo vão ser organizados piquetes de vigilância durante a noite. A recuperação da biodiversidade merece mais este esforço dos voluntários da Associação. Por amor à Natureza vamos continuar a lutar!